Fã Clube Oficial
Skins do Site
Loja Virtual
Rádio
Videoteca
Imagens
Podcast
1142 fãs on-line
fãs ativos: 119.817
22/07/2014
terça-feira
Clique aqui para efetuar login na Comunidade Virtual
Escolha no menu abaixo a seção que deseja acessar:
desenvolvimento por Vila Solution

Os melhores produtos dos CDZ você encontra na Americanas.com
Os melhores produtos dos CDZ você encontra na Saraiva
Os melhores produtos importados dos CDZ você encontra na CDJapan!
Confira uma análise feita pelo site CavZodiaco.com.br com relação ao final da Saga de Hades em anime!

Parte do Texto:

INTRODUÇÃO

Após a exibição do último episódio da Fase Elíseos de Hades, muitos fãs estão se perguntando: O Seiya morreu? Os Cavaleiros do Zodíaco acabaram aí? A resposta, por mais simples e direta que possa parecer é: Seiya não morreu e Os Cavaleiros do Zodíaco não acabaram aqui!!!

Como todos sabem, a Saga de Hades foi feita em mangá no começo dos anos 90 e, por problemas na época, ela acabou não virando anime. Sempre diziam que Masami Kurumada, criador da série, havia brigado com a Toei Animation, mas o fato nunca foi comprovado (embora Shingo Araki, principal desenhista do anime, já tenha revelado, em um evento na França, que esboços e um episódio piloto da Saga de Hades havia sido produzido na década de 90, mas este episódio foi perdido). O próprio Kurumada, em entrevista para a revista brasileira Henshin em 18 de Janeiro de 2002, alegou que não aconteceu nada disso. Segundo Kurumada, depois de três anos de TV, o anime alcançou a cronologia do mangá e não tinha mais história para ser animada. Na ocasião, foi criado apenas um CD Drama, com narrações e músicas da Saga de Hades. Segundo Kurumada, é mais fácil viabilizar a produção do CD Drama, pois exige menos esforço. Já o anime precisa o esforço conjunto de um monte de empresas, como a rede de TV, a produtora, os patrocinadores, a editora e o autor. Ele só é viabilizado quando todos se reúnem e dizem juntos: "Vamos fazer!". Este "Vamos Fazer!" finalmente aconteceu no final de 2002 e a Saga de Hades começou a ser animada, com a Fase Santuário (13 episódios no formato OVA), passando pela Fase Inferno em 2005/2006 (12 episódios no formato OVA) e terminando na Fase Elíseos agora em 2008 (6 episódios no formato OVA).

Em 2004, depois da exibição dos treze episódios da Fase Santuário de Hades, a Toei Animation, juntamente com Kurumada, resolveram criar o filme Prólogo do Céu (Saint Seiya Tenkai-hen Josô - Overture), que seria uma introdução da Saga dos Zeus, ou seja, a continuação da Saga de Hades. Originalmente, na cabeça de Kurumada, a história original dos Cavaleiros do Zodíaco seria composta por: Saga do Santuário, Saga de Poseidon, Saga de Hades e Saga de Zeus. (A Saga de Asgard foi criada em anime apenas, já que a produção do anime havia alcançado a produção do mangá e a Toei Animation precisava ganhar tempo enquanto Poseidon não estava totalmente pronto no mangá, fato similar do que pode ter acontecido com a Saga de Hades, segundo a entrevista do Kurumada). Infelizmente a Saga de Zeus acabou não sendo criada no mangá, entrando no mesmo "barco" do misterioso problema que impediu Hades de ser animado na década de 90. Com o Prólogo do Céu, voltava à esperança de termos a Saga de Zeus criada em mangá. Kurumada chegou a publicar uma introdução do filme na revista Super Jump em 2004, alguns dias antes da estréia do filme nos cinemas japoneses. O filme acabou tendo muitos problemas de roteiro, sendo que praticamente toda a culpa caiu sobre o criativo diretor Shingeyasu Yamauchi (diretor dos treze episódios da Fase Santuário de Hades e agora do filme Prólogo do Céu), que fugiu e se perdeu totalmente do roteiro criado por Michiko Yokote e complementado por Akatsuki Yamatoya. O que já tinha começado complicado ficou ainda pior quando Kurumada resolveu mudar todo o elenco de dubladores e mandar embora o diretor Shingeyasu Yamauchi, em uma clara demonstração de descontentamento com a produção do Prólogo do Céu. Yamauchi foi substituído por Noriyo Sasaki, Yû Nobuta, Nobutaka Nishizawa e Tomoharu Katsumata (sendo este o que mais trabalhou e sempre em conjunto com Yôsuke Kuroda). Katsumata foi o substituto direto de Yamauchi e trabalhou em 90% da Fase Inferno e em 100% Fase Elíseos, justamente nas fases mais contestadas tecnicamente pelos fãs, sejam pelas fracas animações, repetições de cena e falta de criatividade (criatividade está que era marca registrada de Yamauchi).

Com base nas informações que divulgamos acima, ficou claro que Tomoharu Katsumata e Yôsuke Kuroda não estão à altura da série. Talvez pela falta de verba (o que a gente não concorda, pois existem séries com orçamentos baixos e com bastante qualidade), aliado a incompetência dos dois mesmo (ou até por uma imposição de Kurumada), o final que vemos na Fase Elíseos segue religiosamente o mangá (o que Katsumata e Kuroda mais sabiam fazer era simplesmente copiar o mangá). No mangá, Kurumada deixou em aberto a possibilidade de Seiya ter morrido e a série ter acabado ali, já prevendo as dificuldades que teria de criar a Saga de Zeus, mas obviamente Seiya não morreu (como vemos no filme Prólogo do Céu, ele ficou na cadeira de rodas e preso na maldição de Hades, depois de ser atingido no peito pela espada dele). Quando Atena diz: vamos voltar para o nosso mundo de luz, ela está se referindo a Terra, ou seja, apesar dos Campos Elíseos estar sendo destruído com a morte de Hades, ela tem o poder suficiente para levar os seus Cavaleiros de volta a Terra. Depois disso, vemos um encerramento novo que nada mais é que do uma animação das duas últimas páginas do mangá, embora a palavra FIM não aparece como no mangá. O único diferencial, que infelizmente não sabemos se foi proposital ou não, é o fato de uma estrela cadente passar por dentro da imagem das constelações dos Cavaleiros. Podemos fazer várias interpretações desta estrela cadente:

1ª - Seriam os novos inimigos dos Cavaleiros do Zodíaco, ou seja, os anjos de Artemis saindo do Olimpo em direção a Terra? (este recurso já foi utilizado anteriormente, na Saga do Santuário, quando a estrela Polaris brilha diante de Atena, indicando a nova saga)

2ª - Seriam os próprios Cavaleiros de Bronze e Atena voltando a Terra?

3ª - Seria apenas um indício, sem significado aparente algum, de que a história não acaba ali?

4ª - Ou seria apenas um detalhe colocado por Katsumata e Kuroda para terminar a Saga de Hades?

Agora que conhecemos o histórico dos dois, podemos até concluir que a opção 4 se encaixaria melhor, mas é o que menos importa agora. O fato que deve ficar claro é: o filme Prólogo do Céu está aí para provar que Seiya e os outros não morreram e que a continuação existe. Embora o ideal seja que Masami Kurumada e a Toei Animation criem um episódio especial que ligue a Saga de Hades ao filme Prólogo do Céu, como já foi comentado na Internet, independente de qualquer coisa (roteiro mal adaptado, incoerências etc.), a continuação da Saga de Hades existe. O que infelizmente está em jogo e ameaçada, diante de todos estes problemas enfrentados pela série, é a continuação do filme Prólogo do Céu, embora Kurumada já tenha publicado em seu site oficial que a idéia seria criar uma trilogia de filmes.

Masami Kurumada está envolvido agora no término do mangá Ring Ni Kakero 2 e provavelmente, assim como aconteceu das outras vezes, poderá ter algum acordo com a Toei Animation para animar episódios desta série neste momento. Com isso, cabe a nós fãs, apenas esperar pacientemente por uma continuação. Esperança nós temos não é mesmo? Afinal, quem esperou quase 20 anos por uma totalmente improvável animação da Saga de Hades, o que é esperar por uma provável continuação do Prólogo do Céu? Masami Kurumada não deixará os fãs esperando tanto desta vez, pelo menos esta é a nossa opinião. Lembrando também que Lost Canvas, Next Dimension e Episódio G estão aí também e em breve deverão ter a sua conclusão no mangá.

Confira, na próxima página desta matéria especial, algumas imagens que comparam o final da Saga de Hades no mangá e o final do anime!



última atualização realizada em: 16/08/2013

.: voltar para o topo :.

Título Original:
Saint Seiya

Total de Episódios:
114 episódios da série clássica
(Santuário, Asgard e Poseidon)
31 episódios da
Saga de Hades

(Santuário, Inferno e Elíseos)

Total de Filmes:
3 curta metragens e 2 longa metragens

Origem:
Japão
Japão

Total de Países que
exibiram a série:
mais de 40 países

Bom Dia!

Você está no
seguinte país:
Estados Unidos
Estados Unidos

Cadastre-se agora mesmo no Fã Clube Oficial!

Vocês gostaria que o filme Os Cavaleiros do Zodíaco: Lenda do Santuário tivesse sessões com cópias com áudio original japonês e legendas em português também?

Sim, adorararia
Não, quero assistir o filme apenas dublado em português

Clique aqui para votar nesta enquete  Clique aqui para ver o resultado parcial desta enquete

ver resultado de outras
enquetes

Os Cavaleiros do Zodíaco
Site de fãs brasileiros do anime Os Cavaleiros do Zodíaco (Saint Seiya).
© 2002 à 2014 MASAMI KURUMADA/SHUEISHA, TOEI ANIMATION. Todos os direitos reservados.
Todo conteúdo multimídia foi utilizado para fins de divulgação.