Saga de Hades -> Elíseos

Animes

Introdução

A Fase Elíseos da Saga de Hades foi anunciada oficialmente no dia 28 de Junho de 2007 e os dois primeiros episódios foram ao ar, via pay-per-view pela Sky PerfectTV!, no dia 7 de Março de 2008. Os episódios 3 e 4 foram exibidos no dia 2 de Maio de 2008, enquanto os episódios 5 e 6, os dois últimos, no dia 1 de Agosto de 2008. No Japão os episódios foram lançados, também, em formato DVD.

No Brasil, o lançamento aconteceu diretamente em DVD, pela PlayArte, com dublagem da DuBrasil, começando no dia 17 de Setembro de 2008.


Três Espectros surgem e Shiryu de Dragão fica para trás para enfrentá-los!
Três Espectros surgem e Shiryu de Dragão fica para trás para enfrentá-los!

Episódio 1 (140): "Rumo aos Elíseos!"

"Erijion he no shitô"

Data original da estreia: 7 de Março de 2008; no Brasil: 17 de Setembro de 2008

O episódio começa com uma explicação sobre os Elíseos e a sua localização. Uma pequena recapitulação dos Cavaleiros de Ouro destruindo o Muro das Lamentações é mostrada. Os Cavaleiros de Bronze estão em frente ao buraco aberto no Muro das Lamentações (como no último episódio da Fase Inferno). Eles decidem entrar e partir para os Campos Elíseos. Shiryu sente algo estranho e pede para Hyoga e os outros continuarem. Três espectros aparecem: Queen de Mandrágora, Gordon de Minotauro e Sylphid de Basilisco. Os três atacam Shiryu, que cai no chão. Entretanto, os três são atingidos ao mesmo tempo pela Excalibur, destruindo seus elmos e revelando seus rostos. Seiya e os outros chegam no final do buraco e encontram uma dimensão estranha (lembra um pouco a dimensão criada por Saga de Gêmeos com o golpe Outra Dimensão). Os três concordam que precisam atravessar esta dimensão para chegar aos Elíseos. Seiya e Shun se jogam para dentro da dimensão, mas Hyoga fica porque Minos de Griffon surge (uma pequena recapitulação do último episódio da Fase Inferno aparece, já que todos pensavam que Minos estava morto). O juiz do Mundo dos Mortos é congelado por Hyoga sem ao menos perceber. Minos destrói o gelo e atinge Hyoga. Hyoga contra-ataca com o Pó de Diamante, mas o golpe não atinge o espectro. Seiya e Shun são sugados pela dimensão, mas a asas da armadura da Armadura de Pégaso surgem, fazendo com que Seiya se dirija facilmente para onde Shun estava. Minos ataca Hyoga com a Marionete Cósmica, mas o Cavaleiro de Atena congela os fios da marionete de Minos. Hyoga queima o seu cosmo e dispara a Execução Aurora, a técnica suprema do seu Mestre Camus. Logo em seguida ele se joga para dentro da dimensão, mas é preso por um dos fios da marionete de Minos. De repente, Minos literalmente tem seu corpo explodido: ele entrou na dimensão e apenas os deuses podem entrar neste lugar (como os Cavaleiros de Bronze estão vestindo armaduras banhadas com o sangue da Deusa Atena, eles conseguem sobreviver).

Shiryu ataca com a suprema técnica Cólera dos Cem Dragões!
Shiryu ataca com a suprema técnica Cólera dos Cem Dragões!

Shiryu continua sofrendo nas mãos dos três espectros. Queen ataca com a sua Guilhotina da Flor Sangrenta, mas é ferido pela Excalibur de Shiryu. Gordon ataca com seu Grandioso Machado Esmagador e fere o braço direito de Shiryu. O Cavaleiro de Dragão revida com o Cólera do Dragão, derrubando Gordon. Agora é a vez de Sylphid atacar com o seu golpe Vôo do Extermínio. O golpe faz Shiryu voar longe. O Cavaleiro de Dragão se levanta mais uma vez e dispara o seu golpe Dragão Voador.Shiryu vai mostrando todo o seu repertório de golpes. Os três espectros se levantam. Shiryu começa a ter lembranças de Shunrei nos Cinco Picos Antigos de Rozan. Shunrei está preocupada com Shiryu. Os três espectros atacam com seus golpes e Shiryu surpreendentemente dispara o golpe supremo do seu mestre Dohko de Libra: o Cólera dos Cem Dragões. O golpe destrói completamente os três espectros e joga Shiryu para dentro do buraco, caindo na dimensão. Hyoga, que neste momento já está utilizando as asas da armadura de Cisne, segura Shiryu. Sylphid de Basilisco ainda não morreu e vai em direção dos Cavaleiros de Atena. O esperado acontece: ao entrar na dimensão, ele explode. Seiya acorda nos Campos Elíseos!


Pandora libertou os deuses gêmeos Thanatos e Hypnos!
Pandora libertou os deuses gêmeos Thanatos e Hypnos!

Episódio 2 (141): "O panteão da morte e do sono!"

"Shi to nemuri no kamigami"

Data original da estreia: 7 de Março de 2008; no Brasil: 17 de Setembro de 2008

Uma explicação sobre os Campos Elíseos é mostrada novamente. Ikki chega na entrada da dimensão. Pandora surge e interrompe Ikki, abraçando em seguida. Vários espectros surgem na entrada do buraco no Muro das Lamentações. Pandora entrega o seu colar para Ikki atravessar a dimensão até os Campos Elíseos. Pandora conta a sua história, relembrando os momentos da sua infância em que ela era feliz com sua família. Um dia quando passeava com seu cachorro Adolf, ela encontrou a caixa de Pandora em um abrigo perto do castelo onde morava. Ao abrir a caixa de Pandora, ela libertou os deuses Gêmeos Thanatos, deus da Morte, e Hypnos, deus do Sono. Os dois amaldiçoam Pandora e sua família. Todos os integrantes da famíliad e Pandora, bem como os animais, morrem repentinamente. O castelo onde Pandora morava se transformou no castelo do mal e sombrio. Pandora chora e pede para que Ikki a vingue, derrotando Hades. Os espectros chegam no local onde Ikki e Pandora estavam, mas são facilmente vencidos pela Ave Fênix de Ikki. De repente, Pandora subitamente morre (Thanatos, por ser o deus da Morte, a matou por causa da sua traição a Hades). Asas surgem na armadura de Fênix e ele parte para dentro da dimensão.

Thanatos, o deus da Morte, ataca violentamente Seiya de Pégaso!
Thanatos, o deus da Morte, ataca violentamente Seiya de Pégaso!

Nos Campos Elíseos, Thanatos toca para as suas ninfas. De repente, duas delas chegam correndo e desesperadas. Elas alegam ter visto um homem sujo e ferido de sangue nos Campos Elíseos. Seiya encontra uma das ninfas e a questiona sobre o local onde eles estão. Thanatos surgem e recrimina Seiya. O Cavaleiro de Pégaso pergunta se ele (Thanatos) é um espectro de Hades. O deus responde que não, que ele é o deus da morte Thanatos. Seiya questiona o paradeiro de Atena, mas Thanatos dispara um golpe, derrubando Seiya no chão. Quando ia matar Seiya, Hypnos surge e interrompe seu irmão. Os dois conversam e Seiya só escuta. Thanatos avisa que matou Pandora. Hypnos revela que Atena está viva. Seiya ganha nova esperança ao escutar isso. Hypnos explica que Atena está presa em um grande vaso, que suga seu sangue, no templo de Hades. Seiya sai correndo em direção ao templo. Thanatos dispara seu golpe, mas Seiya evita dando um salto. Sua armadura cria asas novamente e ele contra-ataca com seus Meteoros de Pégaso. Hypnos pede para Thanatos tomar cuidado com Seiya. Thanatos ataca novamente e consegue destruir as asas da armadura de Pégaso. No santuário, os outros Cavaleiros de Bronze, Shina e Marin observam o eclipse e ficam preocupados com o paradeiro de Seiya e dos outros. Kiki surge trazendo uma garota: ela é Seika, a irmã de Seiya. Thanatos continua torturando Seiya que de repente consegue ouvir a voz da sua irmã Seika. O Cavaleiro de Atena ganha novamente uma motivação extra para lutar. Thanatos dispara mais uma vez seu golpe, mas é detido graças aos Meteoros de Pégaso de Seiya. Seiya atinge violentamente Thanatos.


Seika ficou por anos sem memória vivendo na vila do Rodorio perto do Santuário!
Seika ficou por anos sem memória vivendo na vila do Rodorio perto do Santuário!

Episódio (142) 3: "Reforços dourados!"

"Ôgon no engun"

Data original da estreia: 2 de Maio de 2008; no Brasil: 15 de Outubro de 2008

No Santuário, Shina, Marin, Kiki e os Cavaleiros de Bronze ficam curiosos ao saber que aquela menina é Seika, a irmã de Seiya desaparecida há muitos anos. Marin explica que ela foi atrás de Seiya quando ele foi enviado ao Santuário. Entretanto ela caiu em uma ravina e desmaiou, perdendo a memória em seguida. Ela ficou por anos na vila do Rodorio, um vilarejo perto do Santuário, ajudando na loja do velhinho que a encontrou. Marin deduziu que ela deveria ter vindo atrás de Seiya e começou a procurá-la no Santuário. Ela apenas encontrou Seika já que dentre os seus pertences havia o nome Seika, porém a menina não conseguia lembrar-se de mais nada da sua vida. Shina, então, questiona Marin, perguntando se ela também não estava procurando o seu irmão, na qual se separou dela na infância (tal fato fez Seiya pensar que Marin era sua irmã). Thanatos, apesar de ser atingido pelos Meteoros de Seiya, aparentemente nada sofreu. Quando ele resolver atacar o Pégaso novamente, ele percebe que os seus dedos estão machucados. Ele fica indignado e resolve se vingar, pisoteando a cabeça do cavaleiro de bronze. De repente, Seika começa a sentir dor. Thanatos descobriu que Seiya tem uma irmã e, para castigar ainda mais Seiya, ele resolve matar sua irmã. Thanatos revela que Seika está no Santuário e permite que Seiya a veja pela primeira vez (o que será um tremendo equívoco já que Seiya não sabia onde estava a sua irmã e, ao vê-la, com certeza dará forças para lutar novamente). Thanatos explica que pode matar qualquer humano a distância, independente da onde ele esteja. Seiya se levanta e ataca Thanatos, mas é atingido mais uma vez. Kiki sente a presença de um cosmo energia maligna e, graças aos seus poderes telecinéticos, ele consegue enxergar uma bola de energia enviada por Thanatos. O aprendiz de cavaleiro se joga na frente de Seika, que seria atingida pela bola de energia, salvando-a da morte. Thanatos envia outra bola e Kiki mostra da onde ela está vindo. Marin se joga na frente de Seika também. Thanatos começa a falar com os Cavaleiros e avisa que o esforço deles é inútil, já que Seika vai morrer e Seiya e seu prisioneiro nos Campos Elíseos. Marin fica surpresa ao saber que Seiya chegou aos Elíseos. De repente, mais uma bola é enviada e Kiki mais uma vez indica da onde ela está vindo. Desta vez é Shina que se joga para salvar Seika. Os Cavaleiros de Bronze, Kiki, Shina e Marin se juntam ao redor de Seika para protegê-la. Eles formam um escudo humano. Todos mandam uma mensagem de esperança para Seiya e suas vozes ecoam até os Elíseos. Seiya se levanta e vê Thanatos enviar uma bola de energia ainda mais poderosa, derrubando a proteção de Seika. Seiya fica indignado ao saber que seus amigos estão feridos e agarra Thanatos, disparando o golpe Turbilhão de Pégaso. Infelizmente o cavaleiro de bronze cai no chão sozinho, já que Thanatos conseguiu se desvencilhar do golpe facilmente.

Thanatos sente a presença das armaduras de ouro chegando aos Campos Elíseos!
Thanatos sente a presença das armaduras de ouro chegando aos Campos Elíseos!

Thanatos resolve matar Seiya de uma vez por todas, mas é impedido pelas Correntes de Andrômeda de Shun. Em seguida ele dispara seu golpe e fere violentamente Andrômeda. Shiryu também aparece, mas o seu Cólera do Dragão não surti efeito em Thanatos. Hyoga já chega congelando o deus da Morte, porém também é atingido assim como foi Shiryu. Ikki tem uma entrada triunfal, como sempre, e consegue derrubar a máscara da Sapuris de Thanatos com o seu golpe Ave Fênix. Thanatos fica muito irritado e dispara a Terrível Providência, golpe este que destrói completamente a armadura de Fênix. De repente, Thanatos sente algo ecoar de muito longe, bem além dos Campos Elíseos. São as Armaduras de Ouro, que ao que parecem, vieram salvar os Cavaleiros de Bronze. Os Cavaleiros de Bronze se levantam de novo, mas são feridos mais uma vez por Thanatos, que destrói a armadura deles também. As armaduras de ouro aparecem: Seiya veste Sagitário, Shiryu veste Libra, Hyoga veste Aquário, Shun veste Virgem e Ikki veste Leão!


Shun veste a Armadura de Virgem e Ikki veste a Armadura de Leão!
Shun veste a Armadura de Virgem e Ikki veste a Armadura de Leão!

Episódio 4 (143): "As lendárias Armaduras Divinas!"

"Densetsu no goddo kurosu"

Data original da estreia: 2 de Maio de 2008; no Brasil: 15 de Outubro de 2008

Os Cavaleiros de Bronze não entendem como as Armaduras de Ouro foram parar nos Campos Elíseos. Thanatos fica perplexo ao ver a cena, mas logo descobre que isto é obra de um deus: Poseidon, que se livrou brevemente do selo de Atena para ajudar os Cavaleiros contra Hades. No cabo Sunion, Julian Solo se transforma em Poseidon e Sorento logo reconhece o seu mestre. Poseidon diz que não quer ver a Terra dominada pelo poder maligno de Hades e por isso utilizou o seu poder para enviar as armaduras de ouro para os cavaleiros de bronze. Sorento deseja boa sorte aos cavaleiros de Atena, apesar deles terem sido adversários no passado. De volta aos Campos Elíseos, Thanatos diz que tudo isso não adiantará nada já que ele é um deus e as Armaduras de Ouro não os protegerão desta vez. No momento em que ele iria atacar, os cavaleiros surpreendem disparando ao mesmo tempo os seus respectivos golpes utilizando as armaduras de ouro. Seiya dispara o seu Meteoro de Pégaso, Shiryu dispara o Cólera do Dragão, Hyoga dispara o Pó de Diamante, Shun dispara a Tempestade Nebulosa e Ikki a Ave Fênix. A união dos golpes dos cavaleiros de bronze atinge e fere Thanatos, embora ainda não mortalmente. O deus da Morte ressurge, rindo da cara dos cinco cavaleiros. Ele diz novamente que as armaduras de ouro não os tornarão mais fortes a ponto de vencê-lo. Irritado, com apenas um golpe Thanatos destrói as Armaduras de Ouro. As mais fortes armaduras da hierarquia dos cavaleiros foram destruídas totalmente pela primeira vez desde a antiguidade. A armadura de Atena cai e Thanatos se aproveita para roubá-la. Neste momento Hypnos tem um mau pressentimento. Ele explica novamente que Atena está presa em um grande vaso, que suga o seu sangue a cada minuto que passa.

Seiya finalmente veste a lendária Armadura Divina de Pégaso e derrota Thanatos!
Seiya finalmente veste a lendária Armadura Divina de Pégaso e derrota Thanatos!

Praticamente desacordado, Seiya escuta Saori o chamando através do seu Cosmo. A deusa Atena dá força ao Cavaleiro de Pégaso, que se levanta para lutar contra Thanatos mais uma vez. Seiya escuta Marin o chamando também, incentivando a viver para finalmente ver a sua irmã Seika, aquela a quem ele tanto procurou durante a sua vida. Os Cavaleiros de Bronze, Kiki e Shina também mandam suas mensagens de apoio para Seiya. Seiya grita o nome da sua irmã, o que faz Seika se lembrar de tudo. A garota chora ao gritar o nome do seu querido irmão, Seiya. Seiya queima o seu cosmo até o último sentido, fazendo um milagre acontecer. A sua armadura de bronze, que foi transformada em pó pelo poder de Thanatos, se transforma na lendária Armadura Divina de Pégaso. Thanatos fica perplexo com a cena. Hypnos fica preocupado com seu irmão, já que agora Seiya veste uma armadura dos deuses. Ele se lembra que na mitologia isto já aconteceu uma vez. Os outros Cavaleiros de Bronze não acreditam no que vêem também. Hypnos vai de encontro ao seu irmão e revela que aquela armadura é uma Kamui, um dos trajes dos doze deuses do Olimpo. Thanatos fica ainda mais desesperado, mas Hypnos o acalma dizendo que a armadura de Pégaso não é na verdade uma Armadura Divina e sim uma variação da Kamui, que só pode ser vestida pelos deuses olimpianos. Ela só surgiu graças ao sangue de Atena. Hypnos alerta Thanatos para o poder que Seiya tem agora, já que ele não é mais um simples cavaleiro. Hypnos pede para Thanatos não subestimá-lo, porém não dá nem tempo do deus da Morte, já que Seiya o golpeia com um chute, tomando de volta a Armadura de Atena. Thanatos dispara o seu golpe Terrível Providência, mas Seiya o detém facilmente com as mãos. O contra-ataque do cavaleiro de Pégaso é mortal. Com vários Meteoros de Pégaso, Seiya destrói a Sapuris de Thanatos e com um Cometa de Pégaso, finalmente liquida o deus. Hypnos não acredita no que vê e Seiya corre em direção ao templo onde Atena está!


Shun ganha a Armadura Divina de Andrômeda graças ao sangue de Atena!
Shun ganha a Armadura Divina de Andrômeda graças ao sangue de Atena!

Episódio 5 (144): "O despertar do mito!"

"Shinwa yori no kakusei"

Data original da estreia: 1 de Agosto de 2008; no Brasil: 19 de Novembro de 2008

Após vencer o deus da morte Thanatos, Seiya parte em direção ao templo onde Atena está. O deus do sono Hypnos tenta impedir Seiya, mas o Cavaleiro de Pégaso dispara os seus Meteoros de Pégaso, surpreendendo e arrancando o elmo de Hypnos. Ikki de Fênix parte para cima de Hypnos, fazendo Seiya ganhar tempo. O Cavaleiro de Fênix, que está sem armadura, é arremessado para longe com o poder do deus. Shun de Andrômeda, de posse novamente da sua corrente, prende o braço do deus maligno, salvando o seu irmão. De repente, Shun ganha a Armadura Divina de Andrômeda graças ao sangue da deusa Atena. Hypnos fica perplexo ao ver que mais um Cavaleiro de Atena está vestindo uma poderosa armadura. Shun manda Ikki partir para ajudar Seiya. Shun começa a luta com Hypnos e dispara a sua Onda Relâmpago, mas é atingido pelo poderoso golpe de Hypnos: Sonolência Eterna. Shun cai em um sono profundo. De repente, Hyoga e Shiryu também ganham as suas Armaduras Divinas. Seiya chega ao templo onde Atena está e vê ela presa no grande vaso de Hades. Todo o sangue dela foi praticamente sugado pelo vaso. O Cavaleiro de Pégaso tenta destruir o vaso, golpeando-o com vários socos e com o Meteoro de Pégaso, mas o seu golpe acaba voltando contra si mesmo. O espírito de Hades surge, deixando Seiya sem reação. Hades explica que Atena está morrendo e que ele não poderá fazer nada para salvá-la. Seiya insiste e tenta golpear o vaso novamente. De volta à luta de Hypnos contra Shiryu e Hyoga, o Cavaleiro de Dragão dispara a Excalibur e o Cavaleiro de Cisne dispara o Trovão Aurora Ataque, mas ambos não surtem efeito no deus. Hypnos tenta utilizar o mesmo golpe aplicado em Shun, o Sonolência Eterna, em Shiryu e Hyoga conseguem se livrar do golpe, uma vez que já viram o golpe antes, e contra-atacam com o Cólera do Dragão e o Pó de Diamante. A junção dos dois golpes acaba com o golpe de Hypnos e praticamente liquida o deus, que cai gravemente ferido no chão. Shun acorda já que Hypnos foi vencido.

Hades se vê obrigado a utilizar o seu verdadeiro corpo!
Hades se vê obrigado a utilizar o seu verdadeiro corpo!

Seiya continua apanhando da alma de Hades e Ikki chega até Seiya. O Cavaleiro de Fênix parte com tudo para cima da alma de Hades, mas é repelido também, voando longe e caindo em cima do grande vaso. Ao tocar no sangue de Atena, que escorria do vaso, Ikki finalmente ganha a Armadura Divina de Fênix. Agora os dois mais poderosos Cavaleiros de Bronze poderão unir forças para tentar vencer Hades. O grande eclipse está praticamente completo e os outros Cavaleiros de Bronze na Terra estão preocupados com a situação. Seika reza por Seiya. Ikki percebe que a alma de Hades está apenas ao redor do mausoléu e ele percebe que é lá onde o verdadeiro corpo de Hades está. Os dois adotam uma estratégia diferente e partem com tudo para dentro do mausoléu, destruindo facilmente a porta. Lá, os dois encontram o sarcófago onde o corpo de Hades está. De repente, a alma de Hades entra nos sarcófago, jogando Seiya e Ikki para fora do mausoléu. Hades finalmente despertou e começa a descer as escadas. Seiya e Ikki ficam perplexos ao ver Hades. Hyoga e Shiryu sentem que algo está acontecendo. Hypnos, que está agonizando, diz que eles foram tolos despertando Hades já que agora ele vai destruir toda a Terra. Hypnos finalmente morre. Seiya e Ikki partem para cima de Hades, mas novamente são arremessados para longe. Hades levita o grande vaso, trazendo-o para parte de si. Em seguida, ele saca a sua espada!


Shun ganha a Armadura Divina de Andrômeda graças ao sangue de Atena!
Shun ganha a Armadura Divina de Andrômeda graças ao sangue de Atena!

Episódio 6 (145): "O mundo onde a luz transborda!"

"Hikari afureru sekai he"

Data original da estreia: 1 de Agosto de 2008; no Brasil: 19 de Novembro de 2008

Após Hades sacar a sua espada, Ikki parte para cima dele, mas é atingido no meio pela espada. Hades aponta a espada para Seiya, deixando o Cavaleiro de Pégaso acuado. Hades ataca novamente, mas Seiya consegue se defender, segurando a espada com as mãos nuas (técnica de iainuke, ensinada por Marin). Hades arremessa Seiya para longe mais uma vez e começa a falar sobre o Grande Eclipse. Seiya se irrita e parte para cima novamente, mas é ferido na altura do peito. Quando Hades ia liquidar Seiya, Shiryu, Hyoga e Shun surgem, detendo o deus. Shun ajuda Ikki a se levantar e os outros cavaleiros observam a postura de Hades. Os cinco renovam as energias e dão às mãos, unindo seus poderes em um único ataque. Seiya ataca com o Meteoro de Pégaso, Shiryu com o Cólera do Dragão, Hyoga com o Pó de Diamante, Shun com as Correntes de Andrômeda e Ikki com a Ave Fênix. O golpe chega a atrapalhar Hades, mas o deus se recupera instantaneamente e atinge todos os Cavaleiros com a sua espada. Um ferimento surge no rosto de Hades. É neste momento que ele se dá conta que já enfrentou um Cavaleiro de Pégaso no passado. Seiya não entende o que Hades está dizendo, mas o deus fica atordoado ao lembrar que já foi ferido por um Cavaleiro de Pégaso no passado. Seiya parte para cima e dispara um super Meteoro de Pégaso, atingindo Hades, que contra-ataca e derruba Seiya no chão. A Armadura de Atena cai das mãos de Seiya, que em seguida tem sua mão atingida violentamente pela espada de Hades. Hades fala novamente sobre o Grande Eclipse, que agora ele está totalmente completo e Atena e seus cavaleiros não podem fazer absolutamente nada! Na Terra, Minu, Shunrei, os Cavaleiros de Bronze, Shina, Marin, Kiki, Julian Solo e Sorento sentem que o fim está próximo. Vários desastres começam a acontecer na Terra e tudo parece estar perdido. Seika continua rezando e acredita em Seiya e nos outros Cavaleiros de Bronze. Seiya renova as esperanças e ataca Hades mais uma vez, detendo a espada do deus maligno desta vez. Mas na verdade quem deteve foi Atena, que protegeu os seus Cavaleiros e bolhas, que agora flutuam pelo céu. Saori dá força aos seus Cavaleiros. O grande vaso onde ela está presa agora não está mais vermelho, sinal que ela recuperou o seu sangue. Seiya joga a Armadura de Atena dentro do grande vaso. Saori destrói o vaso e surge vestindo a sagrada Armadura de Atena. Hades fica perplexo ao ver Atena com sua Armadura.

Hades se vê obrigado a utilizar o seu verdadeiro corpo!
Hades se vê obrigado a utilizar o seu verdadeiro corpo!

Hades ataca Atena com sua espada, mas ela se defende com o seu escudo e ataca com o seu cetro. Hades pergunta para Atena se ela se deixou prender no vaso somente para fazê-lo despertar em seu verdadeiro corpo. Os dois ficam um bom tempo conversando sobre os humanos. Hades questiona Atena, perguntando se compensa lutar pelos humanos que tanto pecam e causam mal uns aos outros. Atena responde dizendo que o maior pecado de Hades é o seu orgulho. A deusa diz que os humanos não são deuses e nenhum deles chega ao final da vida sem cometer um pecado e que esse é o sentido da vida humana. Atena ainda diz que Hades erra ao punir os humanos pecadores após as suas mortes. Hades se irrita e atinge Atena. Ele se prepara para matar Saori, mas Seiya não permite, se soltando da bolha de energia e disparando um Meteoro de Pégaso em Hades, que cai praticamente morto no chão. Os Cavaleiros de Bronze percebem que Hades está ferido e que devem desferir o golpe final, mas percebem também que Seiya foi gravemente ferido pela espada de Hades, infincada em seu peito. Atena se desespera e pede para Seiya acordar, já que sua irmã está esperando por ele. Os Cavaleiros de Bronze sentem que a energia cósmica de Seiya se apagou. Hades alerta Atena que ela desperdiçou o único momento que teve para matá-lo, quando Pégaso se sacrificou por ela. Atena se levanta e pergunta para Hades se ele sabe o que é amor. Hades diz que o amor não é tão forte assim, mas em seguida é atacado pelos outros quatro cavaleiros de bronze. Hades se sente esmagado pelo cosmo de Atena, Shiryu, Hyoga, Shun e Ikki. Atena pega o seu cetro e atinge o peito de Hades, matando finalmente o deus. Hades vai sumindo aos poucos, dizendo que a vitória dela não foi completa, já que com o desaparecimento dele, tudo o que ele construiu vai ser destruído junto: os Campos Elíseos, o Inferno etc. Atena se junta aos seus Cavaleiros e diz: vamos voltar para o nosso mundo de luz!


voltar para o topo da página

última atualização realizada em: 23/01/2017