Saint Seiya Online: jogo deve ser lançado oficialmente no Brasil, mas dublagem teria virado problema!

📅quinta-feira, 15 de dezembro de 2016, as 11h36min
Escutar a notícia
TTS (Text to Speech): agora fãs com deficiência visual poderão acompanhar as notícias dos Cavaleiros do Zodíaco de uma forma mais acessível. Basta clicar no botão "play" para escutar! Aos poucos iremos aprimorando a pronúncia de alguns termos, padronizando com o que é utilizado no Brasil.
No começo desta semana surgiu a notícia de que um novo jogo dos Cavaleiros do Zodíaco estaria em fase de dublagem no Brasil. A informação foi publicada inicialmente pelos dubladores Leonardo Camillo (Ikki de Fênix) e Ulisses Bezerra (Shun de Andrômeda), em forma de desabafo por ter chegado a informação a eles de que esta dublagem não utilizaria os dubladores originais da série. Ambos alertaram sobre a intenção (no caso da empresa contratante) de não pagar o cachê dos dubladores originais, por isso outros dubladores estariam sendo cotados para realizar testes (informação esta que ainda não está confirmada oficialmente e precisa de averiguação mais profunda). Diante disso, muitos fãs (muitos mesmo) começaram a nos mandar mensagens nos alertando sobre esta polêmica. Como não estávamos sabendo de nada, resolvemos averiguar e conseguimos já descobrir algumas coisas:

- Não existe nenhum jogo novo da Bandai Namco em fase de dublagem no Brasil. Os fãs podem ficar tranquilos com relação a isso, 100% garantido. Desta forma se exclui a possibilidade desta dublagem ser referente a algum jogo novo, e não anunciado ainda, para algum console, especialmente o PlayStation (plataforma onde os últimos principais jogos foram lançados recentemente). Exclui-se também a possibilidade de ser algum dos jogos mobile da própria Bandai, tal como Zodiac Brave e Cosmo Slottle.

- Pelas informações que colhemos, tudo indica que o jogo é o Saint Seiya Online, MMORPG da Sega/Perfect World, e/ou sua versão mobile chamada Saint Seiya 3D. O jogo não é novo (é bem antigo até) e é original e licenciado pelo Masami Kurumada e pela Shueisha. Se ele fosse dublado aqui, especialmente a versão mobile, basicamente só seria necessário dublar os gritos com os golpes.

- Existe uma pequena chance de ser o jogo mobile Saint Seiya Galaxy Spirits (versão japonesa do chinês Saint Seiya Rebirth) da DeNA. No caso, ambas as versões são originais e licenciadas pela Toei Animation, possuem a trilha sonora original do anime e algumas falas de dubladores (basicamente somente os gritos com os golpes também). Existem alguns outros jogos chineses, mas estes não são originais e sequer utilizam o nome de Saint Seiya (embora tenha os personagens copiados na cara dura).

- Efetivamente o jogo não começou a ser dublado, mas estaria perto disso. Uma das versões que circulam nos bastidores é que a empresa que está trazendo o jogo ao Brasil (nome não revelado infelizmente) teria feito a cotação com pelo menos dois estúdios (nomes não revelados também) e teria se assustado com o valor astronômico pedido pelos dubladores originais. Com isso, ela teria pedido para os estúdios fazerem testes com novos dubladores, o que teria irritado os dubladores originais. A segunda versão que circula pelos bastidores é exatamente a dita no começo desta matéria, com a posição dos dubladores Leonardo Camillo e Ulisses Bezerra. Segundo eles, a empresa que está trazendo o jogo está tentando dublar sem os dubladores originais com a intenção de não pagar o cachê, dando a entender que seria um sinal de economia. Neste caso os dubladores pedem apoio dos fãs para pressionarem a empresa que está trazendo o jogo para o Brasil, mas infelizmente eles não citam o nome da empresa. Alguns fãs os questionaram sobre isso e eles não souberam responder.

- Como ainda não se sabe ao certo qual é a empresa que está trazendo o jogo para o Brasil, não temos ainda como ouvir a posição oficial dela e saber o que realmente está acontecendo. Fica algo difícil até de ajudar os dubladores, se for o caso. Só vale ressaltar que na história da dublagem dos Cavaleiros do Zodíaco no Brasil, ambos os casos já aconteceram, ou seja, já tivemos problemas com dubladores pedindo valores muito acima do normal (que quase inviabilizaram alguns projetos) e casos de empresas querendo fazer economia. Como tudo foi resolvido rapidamente nos bastidores, diferentemente deste caso pelo visto, estes problemas anteriores nem vieram ao público.

- Vale ressaltar também que todo produto licenciado da série e que envolve dublagem precisa passar pela aprovação da Toei Animation, que de uns anos para cá tem sido mais rigorosa na aprovação no que diz respeito ao Brasil. Por experiências passadas, caso alguma produção (game, episódio ou filme) tenha alguma empresa cogitando trocar todos ou a maioria dos dubladores no Brasil por qualquer motivo, fatalmente o projeto seria vetado pela Toei Animation.

- Existe um receio de que isto desencadeie uma crise grande entre os dubladores e vire um problema grave para futuras dublagens da série no Brasil. Vale lembrar que a segunda temporada do anime Ômega e os 13 episódios de Alma de Ouro já tiveram suas dublagens concluídas e os dubladores originais foram mantidos.

- Tudo isso é uma pena, pois os mais prejudicados somos nós, os fãs!
📷
Total: 1 imagem
📷

Estatísticas de Acesso

Total de Acessos na Notícia:

Quem além de você está acessando esta notícia agora?

Fã-Clube: Anônimo: App:

Comentários dos Fãs



o que foi publicado no dia 15 de dezembro dos anos anteriores?